Incertezas e risco dos sistemas fotovoltaicos

A decisão de empreender, de investir tempo, energia e recursos em um novo projeto passa por um processo decisório que leva em consideração os riscos e as incertezas relacionadas. E no universo dos sistemas fotovoltaicos não é diferente!

Por isso neste post listamos algumas das incertezas que estão envolvidas no ciclo de vida do sistema fotovoltaico e que se bem esclarecidas, aumentam as chances de sucesso do projeto.

INCERTEZA

O termo “incerteza” significa “uma variável que está presente no projeto e que possui um valor dependente de fatores desconhecidos”. Essa, ou melhor, essas variáveis influenciam diretamente nos resultados do projeto. Porém, mesmo que não estejam claras as causas das incertezas, é possível modelar os parâmetros de incerteza como variáveis aleatórias, através de distribuições de probabilidade. A análise das incertezas ou parâmetros de incerteza permitem simular e analisar diferentes cenários que podem ocorrer no futuro contribuindo para o processo de tomada de decisão.

CLASSIFICAÇÃO DAS INCERTEZAS

Um dos relatórios mais atuais do mercado, realizado por GREENER (2017), destaca que entre as preocupações dos agentes estão aquelas relacionadas ao mercado, conforme demonstrado na Figura:

oque gera maior incerteza para o setor fotovoltaico solarview

Estas incertezas estão bastante relacionadas ao mercado.

Contudo, sabe-se que há outras incertezas relacionadas ao recurso energético e também à tecnologia. Desta forma, é possível classificar as incertezas em três grupos para facilitar a sua compreensão e estudo:

  1. RECURSO SOLAR;

O grupo do recurso solar considera a disponibilidade do recurso solar ao longo do tempo nas respectivas regiões de interesse.

As duas incertezas que fazem parte deste grupo são:

Irradiância média anual, que diz respeito à quantidade de energia solar que está disponível em cada região e de que forma ela varia ao longo do ano.

Variabilidade interanual, diz respeito a variação da irradição média ao longo do tempo, ou seja, a influência que se observa a partir de fenômenons naturais ou das mudanças promovidas pelo homem.

  1. PERFORMANCE E TECNOLOGIA DOS SFV;

O grupo de performance e tecnologia dos SFV considera a qualidade dos equipamentos, sua eficiência e durabilidade ao longo do tempo. Neste grupo, podem-se listar quatro incertezas:

Queda no rendimento dos módulos avalia o percentual de queda de eficiência na conversão de energia promovida pelos módulos ao longo do tempo. De acordo com a literatura, a média para queda de rendimento dos módulos é de 00,91% ao ano.

Vida útil dos inversores considera literalmente, o tempo de vida útil dos inversores utilizados. Conforme a literatura o tempo de vida útil dos inversores é de 25 anos.

Performance do sistema leva em consideração a performance do conjunto da instalação durante sua operação. Estudos apresentam que a performance média na europa é de 2,49%.

Manutenção do SFV a manutenção considera as falhas diversas em equipamentos que fazem parte do sistema fotovoltaico.A forma de representar as incertezas relacionadas à manutenção é considerar o custo de manutenção. Conforme estudos, a média dos custos de manutenção é de 0,17% do valor total do SFV.

  1. MERCADO

As incertezas de mercado consideram as variações nos preços da energia, dos equipamentos, variações cambiais e, também as incertezas regulatórias que influenciam na economia gerada pelos sistemas fotovoltaicos. De forma simplificada, podem ser listadas três incertezas neste grupo:

Tarifas de energia consideram as variações nos valores das tarifas de energia ao longo do ciclo de vida do sistema fotovoltaico; No Brasil, os dados da ANEEL apresentam um aumento médio de 0,80% ao ano.

Taxas, Impostos e inflação dizem respeito às taxas que incidem sobre a energia gerada pelos sistemas fotovoltaicos, aos impostos que incidem sobre esta energia e sobre o efeito da inflação sobre as tarifas. As taxas, impostos e inflação, apresentam um aumento médio de 2,05%.

Taxa mínima de atratividade fazem referência aos outros produtos financeiros que podem apresentar taxas mais atrativas aos potenciais clientes dos sistemas fotovoltaicos. Consideram-se produtos financeiros de baixo risco, como é o caso dos sistemas fotovoltaicos. A taxa mínima de atratividade, neste caso é de 2,5%.

Considerando as incertezas listadas, é possível montar a seguinte estrutura:

incertezas do mercado energia solar

E os valores de cada incerteza são resumidos na tabela a seguir:

Considera-se que ao longo dos 25 anos estimados como ciclo de vida do sistema fotovoltaico, estas incertezas estarão influenciando na produção de energia.

O tempo de 25 anos é o período considerado como tempo de vida útil dos módulos fotovoltaicos. A dinâmica das incertezas vai influenciar diretamente no retorno sobre o investimento dos sistemas fotovoltaicos. E para isso, é importante considerar o efeito das incertezas no fluxo de caixa. Mas este é um assunto para outro post, que traremos em breve.

E aí gostou?

Deixe seu comentário ai pra gente!
Referências

OLIVEIRA, M. et al. (2009)

ROSTIROLLA (1999),

DRURY (2014)

Diniz, Jean (2015)

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s